jusbrasil.com.br
17 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-38.2010.8.13.0024 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 9 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

Câmaras Cíveis / 6ª CÂMARA CÍVEL

Publicação

Julgamento

Relator

Corrêa Junior

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-MG_AC_10024100365063001_4e62d.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RECURSO DE APELAÇÃO - ADMINISTRATIVO - DIREÇÃO EM ESTADO DE EMBRIAGUEZ - LEI Nº 11.705/2008 - NULIDADE - INSUBSISTÊNCIA DO AUTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO - ART. 280, DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO - AUSÊNCIA DE ELEMENTOS SUFICIENTES À CONSTATAÇÃO DA INFRAÇÃO CAPTULADA NO ART. 165, DO CTB - HONORÁRIOS SUCUMBENCIAIS - PROPORCIONALIDADE E RAZOABILIDADE - MINORAÇÃO - SENTENÇA PARCIALMENTE REFORMADA.

1. Nos termos do art. 2º, §§ 1º e 2º, da Resolução nº 206/2006, do CONTRAN, os sinais que levam a autoridade de trânsito à constatação do estado de embriaguez do condutor e à caracterização da infração prevista no art. 165, da Lei 9.503/97, bem assim a recusa do suposto infrator em se submeter aos exames técnicos, devem estar descritos na ocorrência ou em termo específico, sob pena de nulidade do auto de infração, nos termos do art. 280, do Código de Trânsito.
2. Fixada a verba honorária em quantia exacerbada, a minoração dos honorários se impõe, em privilégio da equidade, na forma do disposto nos §§ 3º e , do artigo 20, do CPC.
3. Sentença parcialmente reformada.

Decisão

RECURSO PARCIALMENTE PROVIDO
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/115974644/apelacao-civel-ac-10024100365063001-mg

Informações relacionadas

Daniel Menezes, Estudante de Direito
Artigoshá 6 anos

O agente da autoridade de trânsito e a aplicabilidade do artigo 89, I do CTB

Andressa de Assis , Advogado
Artigoshá 6 anos

Definição de ato administrativo vinculado e discricionário

Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - AGRAVO DE INSTRUMENTO: AG XXXXX-09.2018.4.04.0000 XXXXX-09.2018.4.04.0000

Rodrigo Costa Advogados, Advogado
Artigoshá 3 anos

Lei Seca: não fiz o teste do bafômetro. E agora?

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Recurso Cível: XXXXX RS