jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-17.2011.8.13.0024 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 7 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

Câmaras Cíveis / 11ª CÂMARA CÍVEL

Publicação

Julgamento

Relator

Alexandre Santiago

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-MG_AC_10024110221140001_c7edd.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL - INDENIZAÇÃO DANO MORAL E MATERIAL - ALEGAÇÃO DE DIFAMAÇÃO - EXPOSIÇÃO NOME - SITUAÇÃO VEXATÓRIA - RECONHECIMENTO DO DANO MORAL - FIXAÇÃO - VERIFICAÇÃO DA INEXISTÊNCIA DE ATO ILICITO - AUSÊNCIA NEXO CAUSAL - DANOS MORAIS - NÃO CARACTERIZAÇÃO

- São elementos indispensáveis para configurar a responsabilidade e o conseqüente dever de indenizar: o ilícito/culpa, o dano e o nexo de causalidade.
- Medida adotada por terceiro que não o requerido não pode lhe ser imputada.
- A juntada de documento considerado com tramitação sob segredo de justiça em processo onde as próprias partes do procedimento litigam não pode ser considerado como quebra do sigilo, até porque as partes do processo tem acesso ao procedimento e já tem conhecimento dele.

Decisão

REJEITARAM A PRELIMINAR, DERAM PROVIMENTO AO SEGUNDO RECURSO E DECLARAM PREJUDICADO O PRIMEIRO
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/182336035/apelacao-civel-ac-10024110221140001-mg

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-03.2017.8.13.0518 MG

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 6 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX DF 2015/XXXXX-6

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF - Apelação Cível: APC XXXXX

Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL: AC XXXXX-44.2014.4.04.7112 RS XXXXX-44.2014.4.04.7112

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: XXXXX-96.2014.8.07.0018 XXXXX-96.2014.8.07.0018