jusbrasil.com.br
6 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 013XXXX-51.2013.8.13.0701 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 6 anos

Detalhes da Jurisprudência

Órgão Julgador

Câmaras Cíveis / 10ª CÂMARA CÍVEL

Publicação

15/07/2016

Julgamento

5 de Julho de 2016

Relator

Vicente de Oliveira Silva

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-MG_AC_10701130139770001_16cc4.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO COMINATÓRIA DE OBRIGAÇÃO DE FAZER. PRELIMINARES. CARÊNCIA DE AÇÃO. INTERESSE PROCESSUAL PRESENTE. REJEIÇÃO. ILEGITIMIDADE PASSIVA. TEORIA DA ASSERÇÃO. PLANO DE SAÚDE. CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR. EMPREGADO DEMITIDO. PRETENSÃO À PERMANÊNCIA EM PLANO DE SAÚDE OFERECIDO PELA EMPRESA. ART. 30 DA LEI N.º 9.656/98. REQUISITOS IMPLEMENTADOS. EQUÍVOCO DA EMPRESA EMPREGADORA NO FORNECIMENTO DE INFORMAÇÕES À OPERADORA DO PLANO DE SAÚDE. LESÃO AO DIREITO DA PARTE. CULPA CONCORRENTE.

I - O interesse de agir consiste na necessidade de o autor vir a juízo para que o Estado decida controvérsia existente entre as partes e na utilidade que o provimento jurisdicional poderá lhes proporcionar, ou seja, diz respeito ao binômio necessidade-adequação.
II - Pela teoria da asserção, a relação jurídica será analisada com base no afirmado pela parte autora na petição inicial, abstratamente, não se confundido com a relação material, que diz respeito ao mérito da causa.
III - Nos termos do art. 30, caput, da Lei nº 9.656/98, o beneficiário tem o direito de ser mantido nas mesmas condições de cobertura assistencial de que gozava quando da vigência de seu contrato de trabalho.
IV - Concorre culposamente para a lesão do direito da parte a empresa empregadora que fornece à operadora de plano de saúde informação equivocada, impedindo a permanência daquela como sua beneficiária.

Decisão

REJEITARAM AS PRELIMINARES E NEGARAM PROVIMENTO AO RECURSO DE APELAÇÃO
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/362105806/apelacao-civel-ac-10701130139770001-mg

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1739907 DF 2018/0108167-4

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 235XXXX-58.2014.8.13.0024 Belo Horizonte

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO - Recursos - Apelação: APL 002XXXX-11.2016.8.16.0001 PR 002XXXX-11.2016.8.16.0001 (Acórdão)

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciaano passado

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 500XXXX-40.2018.8.13.0153 MG

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 070XXXX-02.2017.8.07.0001 DF 070XXXX-02.2017.8.07.0001