jusbrasil.com.br
24 de Outubro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível : AC 0186472-71.2015.8.13.0479 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 4 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Câmaras Cíveis / 9ª CÂMARA CÍVEL
Publicação
05/05/2017
Julgamento
11 de Abril de 2017
Relator
José Arthur Filho
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-MG_AC_10479150186472001_90650.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL - CAUTELAR DE EXIBIÇÃO DE DOCUMENTO - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA - PEDIDO ADMINISTRATIVO IRREGULAR - RECONHECIMENTO DO PEDIDO - PRINCÍPIO DA CAUSALIDADE - SUCUMBÊNCIA.

1. Verificada a irregularidade do prévio requerimento administrativo, injustificada se fez a propositura da presente ação cautelar de exibição de documentos, afastada ficando a preliminar de falta de interesse de agir, eis que apresentados os documentos pretendidos, mas impondo-se a condenação do autor ao pagamento das verbas de sucumbência.

Decisão

DERAM PROVIMENTO AO RECURSO
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/455370318/apelacao-civel-ac-10479150186472001-mg

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 19 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - EMBARGOS DE DIVERGENCIA NO RECURSO ESPECIAL : EREsp 316388 MG 2001/0128990-4

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 7 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL : AgRg no AREsp 1775290-34.2012.8.13.0024 MG 2014/0098335-1