jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Criminal: APR XXXXX70008947001 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 3 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Publicação

Julgamento

Relator

Júlio César Lorens
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: APELAÇÃO CRIMINAL - ROUBO - PRIMEIRO RECURSO - MATERIALIDADE E AUTORIA COMPROVADAS - ABSOLVIÇÃO - IMPOSSIBILIDADE - PARTICIPAÇÃO DE MENOR IMPORTÂNCIA - INOCORRÊNCIA - DECOTE DA MAJORANTE REFERENTE AO EMPREGO DE ARMA - IMPOSSIBILIDADE - REDUÇÃO DA PENA - INVIABILIDADE - REDUÇÃO DA PENA DE MULTA - NECESSIDADE - SEGUNDO RECURSO - REDUÇÃO PENA - INVIABILIDADE - ALTERÇAÇÃO DO REGIME - INOCORRÊNCIA - DIREITO DE RECORRER EM LIBERDADE CUSTAS - SUSPENSÃO DA EXIGIBILIDADE - PRIMEIRO PROVIDO EM PARTE E SEGUNDO RECURSO NÃO PROVIDO.

I - Restando satisfatoriamente provada nos autos a materialidade e a autoria do crime de roubo, não há que se falar em absolvição.
II - Não há que se falar em participação de menor importância quando resta demonstrado que o agente contribuiu para a realização do crime, em unidade de desígnios, sendo a sua participação de extrema relevância para a empreitada criminosa.
III - Restando comprovado que foi utilizada uma arma para cometer o crime, deve ser mantida a qualificadora prevista no art. 157, § 2º, inciso I, do CP.
IV - A condenação ao pagamento das custas processuais é um efeito da condenação criminal, ainda que o réu seja pobre no sentido legal ou assistido pela Defensoria Pública, razão pela qual o acusado em favor do qual é concedida a gratuidade da justiça não deve ser isento do pagamento das obrigações decorrentes da sucumbência, mas apenas ter a sua exigibilidade suspensa.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/695598895/apelacao-criminal-apr-10134170008947001-mg

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 8 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgRg no AREsp XXXXX MG 2013/XXXXX-1