jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 10521130069953001 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 6 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

AC 10521130069953001 MG

Publicação

30/08/2016

Julgamento

18 de Agosto de 2016

Relator

Moacyr Lobato
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. DANOS CAUSADOS AO MEIO AMBIENTE. INSTITUIÇÃO E AVERBAÇÃO DE RESERVA LEGAL. AVERBAÇÃO DE RESERVA LEGAL. CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS. OBRIGAÇÃO MANTIDA PELO NOVO CÓDIGO FLORESTAL ATÉ QUE SEJA CRIADO O CADASTRO AMBIENTAL RURAL.

- O Novo Código Florestal não desobriga a averbação da reserva legal, apenas autoriza a sua dispensa no Cartório de Registro de Imóveis quando existir o Cadastro Ambiental Rural. Assim, enquanto inexistente o CAR, persiste a obrigação de averbação junto ao CRI - Não merece reparos a sentença que corretamente determina o registro da reserva legal no CAR ou averbação na matrícula do imóvel, além de obstar a exploração, ressalvando a utilização previamente autorizada pelo órgão ambiental.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/896504259/apelacao-civel-ac-10521130069953001-mg