jusbrasil.com.br
24 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Agravo em Execução Penal : AGEPN 10231050459495001 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 2 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
AGEPN 10231050459495001 MG
Publicação
28/05/2020
Julgamento
19 de Maio de 2020
Relator
Alexandre Victor de Carvalho
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA OFICIAL: AGRAVO DE EXECUÇÃO - NOVO MARCO TEMPORAL PARA A CONCESSÃO DE LIVRAMENTO CONDICIONAL - IMPOSSIBILIDADE - JURISPRUDÊNCIA DOS TRIBUNAIS SUPERIORES - MATÉRIA DE LEI INFRACONSTITUCIONAL - QUESTÃO PACIFICADA NO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA - RECURSO REPETITIVO -AUSÊNCIA DE PREVISÃO LEGAL.

1. Tratando-se a interrupção do marco para o livramento condicional matéria infraconstitucional consoante jurisprudência majoritária do Supremo Tribunal Federal, aplica-se o entendimento pacificado do Superior Tribunal de Justiça in casu.
2. A alteração da data-base para concessão de novos benefícios executórios em razão da unificação de penas não encontra respaldo legal, configurando-se a sua modificação excesso de execução. VV. AGRAVO EM EXECUÇÃO - TERMO INICIAL PARA CONCESSÃO DO LIVRAMENTO CONDICIONAL - DATA DA ÚTIMA PRISÃO - NECESSIDADE.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/931157407/agravo-em-execucao-penal-agepn-10231050459495001-mg

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Agravo em Execução Penal : AGEPN 10231050459495001 MG

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 8 anos

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS : HC 0230825-73.2008.3.00.0000 SP