jusbrasil.com.br
27 de Setembro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Agravo de Instrumento-Cv : AI 0071232-50.2014.8.13.0000 Luz

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 7 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
AI 0071232-50.2014.8.13.0000 Luz
Órgão Julgador
Câmaras Cíveis / 14ª CÂMARA CÍVEL
Publicação
25/07/2014
Julgamento
18 de Julho de 2014
Relator
Estevão Lucchesi
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO DE INSTRUMENTO - AÇÃO ORDINÁRIA - CANCELAMENTO DE NEGATIVAÇÃO - INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS - PÓLO PASSIVO - BANCO FINASA BMC S/A - BANCO BRADESCO FINANCIAMENTOS S/A.

Tratando-se as instituições financeiras da mesma pessoa jurídica, sendo a segunda a responsável pela inclusão do nome do agravado no cadastro de proteção ao crédito, deve-se manter no pólo passivo da lide essa, qual seja, o Banco Bradesco Financiamentos S/A, atual denominação do Banco Finasa BMC S/A. Deram provimento ao recurso.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/939556756/agravo-de-instrumento-cv-ai-10388120029672001-luz