jusbrasil.com.br
16 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Criminal: APR 0013287-43.2011.8.13.0281 Guapé

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 3 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Câmaras Criminais / 6ª CÂMARA CRIMINAL
Publicação
22/01/2019
Julgamento
18 de Dezembro de 2018
Relator
Furtado de Mendonça
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: APELAÇÃO CRIMINAL - PROCESSUAL PENAL - TRÁFICO DE DROGAS - POSSE DO TÓXICO EVIDENCIADA - FINALIDADE MERCANTIL NÃO DEMONSTRADA - FRAGILIDADE DO ACERVO DE PROVAS - DESCLASSIFICAÇÃO PARA O DELITO PREVISTO NO ART. 28 DA LEI 11.343/06 - NECESSIDADE.

- Residindo os elementos de convicção quanto à finalidade mercantil do entorpecente apreendido, em mera probabilidade, restando inequivocamente demonstrada apenas a posse da droga, deve ser operada a desclassificação da conduta para o delito menos gravoso: art. 28 da Lei 11.343/06.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/939926061/apelacao-criminal-apr-10281110013287001-guape