jusbrasil.com.br
27 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível : AC 0038163-24.2017.8.13.0452 Nova Serrana

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 3 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Câmaras Cíveis / 3ª CÂMARA CÍVEL
Publicação
01/03/2019
Julgamento
21 de Fevereiro de 2019
Relator
Albergaria Costa
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE INDENIZAÇÃO. INTERRUPÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. PARALISAÇÃO DA PRODUÇÃO DA EMPRESA. DANOS EMERGENTES E LUCROS CESSANTES DEVIDOS. LIQUIDAÇÃO POR ARBITRAMENTO. NECESSIDADE.

Os danos materiais importam em perda patrimonial, seja na forma emergente - o prejuízo efetivamente suportado pela vítima - ou na forma de lucros cessantes - o que se estima a vítima deixou de ganhar, nos termos do art. 402 do CC/02. É necessária a liquidação de sentença por arbitramento, diante a necessidade de prova pericial contábil. Recurso conhecido e provido.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/940057654/apelacao-civel-ac-10452170038163001-nova-serrana

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível : AC 0038163-24.2017.8.13.0452 Nova Serrana

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Cível : AC 70079842688 RS

[Modelo] Ação de Indenização por Danos Materiais e Morais por atraso de entrega de apartamento