jusbrasil.com.br
25 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível : AC 1914760-51.2010.8.13.0024 Belo Horizonte

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 6 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Câmaras Cíveis / 16ª CÂMARA CÍVEL
Publicação
05/02/2016
Julgamento
27 de Janeiro de 2016
Relator
Aparecida Grossi
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: AÇÃO DE COBRANÇA. LOCAÇÃO. CLÁUSULA PENAL. MULTAS MORATÓRIA E COMPENSATÓRIA - BIS IN IDEM - INADMISSIBILIDADE.

O interesse em impugnar os atos decisórios surgirá para o Recorrente quando esse visar à obtenção de situação mais favorável do que aquela constante do ato sujeito ao recurso. Se o decisum hostilizado não foi desfavorável ao Recorrente, não subsiste o interesse recursal. Conquanto se reconheça a legitimidade da cláusula moratória, que sirva de reforço à obrigação principal, representando um sucedâneo pré-avaliado das perdas e danos devidos pelo inadimplemento do contrato, exsurge clara a ilicitude de se repetir a penalidade, por configurar verdadeiro bis in idem, em flagrante ofensa às leis gerais e específicas concernentes à espécie.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/941531490/apelacao-civel-ac-10024101914760001-belo-horizonte

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 8 meses

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Embargos de Declaração Cível : EMBDECCV 1022986-16.2019.8.26.0114 SP 1022986-16.2019.8.26.0114

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciaano passado

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível : AC 1002336-17.2018.8.26.0361 SP 1002336-17.2018.8.26.0361

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 11 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Cível : AC 70034495770 RS