jusbrasil.com.br
1 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 171XXXX-30.2011.8.13.0024 Belo Horizonte

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
há 10 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

AC 1715256-30.2011.8.13.0024 Belo Horizonte

Órgão Julgador

Câmaras Cíveis Isoladas / 16ª CÂMARA CÍVEL

Publicação

20/07/2012

Julgamento

11 de Julho de 2012

Relator

Wagner Wilson
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE INDENIZAÇÃO. ACIDENTE DE TRÂNSITO. MARCHA RÉ. DANOS MATERIAIS. ORÇAMENTO.

1. Em circunstâncias normais, já há uma obrigação de diligência que onera a posição dos condutores de veículo automotores, que devem dirigi-los com a atenção e cuidados indispensáveis à segurança do trânsito, conforme preceitua o artigo 28 do Código de Trânsito Brasileiro.
2. Ao executar uma manobra como dirigir em marcha ré, exige-se uma prudência especial, uma atenção redobrada do condutor.
3. Via de regra, em caso de ocorrência de sinistro de automóvel, o culpado pelo acidente deve indenizar os danos da parte contrária, no valor do orçamento menos oneroso.
Disponível em: https://tj-mg.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/944035996/apelacao-civel-ac-10024111715256001-belo-horizonte

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 154XXXX-50.2008.8.13.0479 Passos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 12 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Recurso Cível: 71002273639 RS

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 17 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Recurso Cível: 71000654277 RS